Meditar todos os dias: confira 7 benefícios comprovados da meditação

Meditar todos os dias. Que tal incluir um mini ritual de cuidado no seu dia? Confira 7 benefícios da meditação comprovados por estudos científicos.

SAÚDE EMOCIONAL SAÚDE ESPIRITUAL SAÚDE MENTAL

9 min read

Até o próximo artigo!

Camila Miranda | Faume

Se você acredita que a meditar todos os dias é algo fútil e supérfluo, feito só por quem curte misticismo, saiba que está totalmente errado. Mesmo que já seja utilizada há séculos por povos antigos ao redor do mundo, a meditação vem sendo cada vez mais estudada pelos seus benefícios ao bem-estar e à saúde humana.

É por isso que tantos profissionais da medicina e psicologia indicam a meditação para seus pacientes. São diversos estudos comprovando suas vantagens. É sobre isso – e muito mais – que falaremos no texto de hoje.

Então, fique até o final para descobrir quais são os maiores benefícios de meditar todos os dias, comprovados por estudos e pesquisas. Além disso, veja informações preciosas de como fazer meditação guiada para ansiedade e meditação guiada para relaxar.

Boa leitura!

Veja abaixo 7 benefícios de meditar todos os dias comprovados por estudos

A seguir, você verá alguns dos principais benefícios atribuídos à meditação e comprovados por estudos científicos. Confira:

1 - Sistema imunológico fortalecido

Um estudo intitulado “Alterações no cérebro e na função imunológica produzidos pela Meditação Mindfulness” publicado em uma revista da Sociedade Americana Psicossomática, observou que a meditação mindfulness feita em um grupo de pessoas durante 8 semanas alterou de forma significativa o sistema imunológico dos voluntários.

Isso pôde ser comprovado quando após 4 meses, o grupo de meditação e um grupo que não meditava foram se vacinar contra a influenza. Os estudiosos notaram que os anticorpos das pessoas que fizeram a meditação aumentaram bastante em comparação com os indivíduos sem hábito de meditar.

2 - Estresse reduzido

Na Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, foi realizado um estudo científico comandado pelo professor David Creswell, PhD em Psicologia. Ele mostrou como a meditação é muito mais eficiente do que um placebo na hora de causar alterações na mente para reduzir o estresse e abaixar as chances de doenças inflamatórias.

3 - Sono melhorado

Pesquisadores da Universidade da Califórnia realizaram um estudo com adultos de 55 anos que tinham distúrbios do sono. Eles foram divididos em dois grupos: um que faria tratamento com meditação – de forma regular – e outro que entraria no programa de educação da higiene do sono.

Ao fim, o grupo da meditação conseguiu resultados muito mais positivos do que o outro grupo. Por exemplo, eles tiveram menos insônia, depressão reduzida e cansaço diminuído.

4 - Atenção plena e menor distração

Em Santa Bárbara (EUA), pesquisadores do Departamento de Ciências Psicológicas e do Cérebro da Universidade da Califórnia, observaram como a meditação afetava a atenção plena e a distração durante as tarefas.

Para isso, eles chamaram 48 universitários e os dividiram em dois grupos. O primeiro fez um treinamento de meditar todos os dias (durante duas semanas), enquanto o segundo realizou um programa de educação alimentar.

No fim, os estudantes que fizeram meditação conseguiram adquirir mais atenção, menos distração e ainda foram melhores nos exames de memória e compreensão de leitura. Já o outro grupo continuou com os mesmos problemas de antes.

5 - Ansiedade e depressão diminuídas

Um trabalho com revisão de estudos feito na Universidade Johns Hopkins (EUA) analisou 47 pesquisas científicas relacionadas à saúde mental e meditação. A conclusão foi que meditar todos os dias pode sim reduzir a ansiedade, depressão e até algumas dores.

A razão para isso está em como a meditação é uma maneira de deixar a mente no presente, ajudando-a a valorizar o aqui e agora. Isso colabora na redução da ansiedade, por exemplo, porque esse distúrbio é a antecipação de algo que ainda não aconteceu e pode nem acontecer, em grande parte dos casos.

6 - Maior cognição

Um estudo científico publicado na renomada revista Elsevier mostrou que pelo menos 4 dias de meditação já geram benefícios na cognição e no humor das pessoas. Eles chegaram a essa conclusão depois de colocar um grupo de estudantes para realizar quatro sessões de meditação e um outro grupo para ouvir áudios de livros.

O grupo que praticou meditação conseguiu não apenas ter sua cognição melhorada, como também teve sua memória de trabalho evoluída e um melhor processamento visual e espacial.

7 - Memória impulsionada

Uma pesquisa realizada pela Harvard Medical School (EUA), chegou à conclusão que um dos efeitos da meditação focada na respiração é o aumento da massa cinzenta e a modificação no formato do cérebro. Isso significa que as regiões responsáveis pela memória, a aprendizagem, o estresse e as emoções passaram por grandes melhorias.

Importante frisar que essas alterações foram observadas em adultos de 25 a 55 anos, que realizaram meditações diárias por duas semanas. Além disso, eles também foram orientados a realizarem exercícios físicos ao menos por quatro minutos diariamente.

Como fazer meditação guiada para ansiedade e para relaxar, a fim de meditar todos os dias?

Agora que você já sabe que um dos principais benefícios da meditação é a redução de ansiedade e outros distúrbios mentais, está na hora de saber como realizar uma meditação eficaz. Para isso, é preciso entender que existem diversos tipos de meditação e várias formas de realizá-las.

A seguir apontaremos três das meditações mais usadas e eficientes, veja:

  • Mindfulness: é a meditação da atenção plena, seu objetivo é que a mente concentre-se apenas no que está acontecendo naquele momento, seja em seu corpo ou ao seu redor. É ótima para ajudar em crises de ansiedade, depressão e até na síndrome de burnout.

  • Tai chi chuan: este tipo de meditação na verdade está ligada à uma arte marcial de defesa pessoal. Quem pratica esta técnica consegue diminuir o estresse, a depressão e a ansiedade, assim como ganha mais agilidade e flexibilidade.

  • Transcendental: esta técnica exige mais preparação e treinamento, mas vale muito a pena, pois a pessoa atinge um estado de repouso em alerta. Para isso, é utilizado um mantra personalizado para você. Ajuda quem tem ansiedade e melhora no foco e no ânimo para atingir seus objetivos.

Antes de começar essas modalidades mais profundas, é bom você começar a praticar a meditação em casa ou em um ambiente que você tenha familiaridade, sinta-se confortável e seguro.

Abaixo, vamos mostrar um simples e eficaz passo a passo de como fazer meditação guiada para ansiedade, para relaxar e começar a meditar todos os dias. Lembrando que você também pode utilizar vídeos específicos do Youtube para lhe ajudar nos passos ou óleos essenciais para potencializar seu mini ritual diário.

> Escolha um momento em que sua atenção esteja totalmente ali

Não adianta fazer meditação no meio de um dia agitado, com pessoas falando ao seu redor ou cachorros latindo. Escolha uma hora em que tudo esteja bem tranquilo e vá até um cômodo mais reservado que lhe passe a sensação de paz, conforto e aconchego. É importante lembrar que a sua mente deve estar totalmente ali e não distraída com coisas ao redor.

> Afaste seu celular e outros dispositivos

Só utilize o celular se você for ouvir a meditação guiada por algum podcast ou vídeo. Fora isso, deixe-o longe, assim como outros dispositivos que podem gerar aquela vontade de olhar para a tela. Sem distrações, não esqueça!

> Fique em uma postura confortável, mas estruturada

Obviamente, você não pode ficar desconfortável, mas também não pode meditar com qualquer postura. Procure deitar de barriga para cima e membros alinhados, ou sente-se com a coluna reta em um lugar macio.

> Preste atenção na sua respiração

A respiração é uma das chaves principais em uma meditação bem-sucedida. Foque sua mente, primeiramente, em respirar fundo. Puxe bem o ar e depois solte-o calmamente. Fique prestando atenção nisso por alguns minutos. Depois, comece a focar em partes do seu corpo. Você pode vir de baixo para cima, por exemplo: foque na ponta de seus dedos do pé e vá subindo o foco pelas pernas, abdômen, peitoral e cabeça.

De início, você pode fazer apenas 10 minutos para começar a meditar todos os dias. Depois disso, tente aumentar de pouco a pouco até encontrar um período de tempo que funcione bem para você.

Para meditar todos os dias é importante respeitar o seu tempo

#miniritual: respeite seu tempo! Mesmo com tantos benefícios em meditar todos os dias, comece pequeno, pensando grande. Não adianta investir um longo período de tempo em praticar a meditação, sem nunca ter feito anteriormente.

Meditação = medir a ação, pode e muito, te ajudar a tomar decisões de forma mais tranquila, elencando os pontos positivos e negativos de diferentes ângulos.

E isso não acontece do dia para a noite. Por isso a prática de meditar todos os dias, cada dia um pouco, fortalecerá seu corpo e sua mente.

Você notará que alguns dias você se sentirá acolhido e terminará a meditação energizado e revigorado.

Em outros, sentirá como se nada tivesse acontecido. E tudo bem!!! Continue a praticar a meditação no seu ritmo.

Outro ponto importante é entender que trazer essa sensação e benefício da meditação, não significa parar tudo e relaxar a mente. Busque essa sintonia da forma mais adequada e funcional para o seu dia a dia. Afinal, meditar também é estar no momento presente.

Neste sentido, você pode meditar caminhando, lavando louça, limpando a casa, dirigindo, fazendo alguma atividade física, entre outras atividades. O importante é manter a atenção plena, e talvez para você, funcione mais, praticar a meditação em movimento. Maravilha!!!

Dica / teste de como começar a meditar todos os dias

Nossa experiência na construção de meditar todos os dias:

Pensando em colocar em prática e conferir os benefícios da meditação, decidimos pesquisar e começar a prática de forma a incluir no nosso dia a dia.

#faumerecomenda: No netflix, achamos uma série, chamada: Headspace – meditação Guiada. São 8 episódios conduzidos de forma descontraída, inclusive explicando em alguns momentos os experimentos já comprovados sobre as melhorias obtidas em meditar todos os dias, ou pelo menos, de forma frequente.

Decidimos criar uma rotina e iniciar a prática da meditação ao final do dia, antes de dormir. Para potencializar o momento, incluímos um óleo essencial de lavanda no difusor de ambiente para relaxar e acalmar.

A fim de manter uma frequência, optamos por meditar todos os dias, ouvindo o mesmo episódio durante uma semana, totalizando cerca de 2 meses de meditação diária.

Confesso que nem todo dia foi fácil se desligar de tudo e relaxar. Houve momentos que dormíamos antes mesmo de acabar o vídeo, o que não era muito positivo, pois nossa atenção não estava presente. Pelo contrário, estava em outra dimensão…rs

Teve dia da preguiça, dia que esquecemos, episódios que não gostamos, momentos de inquietação, dias que não queríamos meditar, ou que o episódio parecia não ter fim…enfim – passamos por dificuldades, ainda mais tentando meditar todos os dias e juntos.

Mas mesmo nos dias que parecia que não fazia diferença nenhuma, ao longo do tempo, notamos diferença no dia a dia. Uma melhora na disposição, mais foco nas atividades propostas durante o dia. Estávamos mais calmos e atentos. Foi um ganho muito positivo pessoal e na dinâmica do dia a dia.

Após o período de 2 meses, que já tínhamos visto todos os vídeos de forma frequente e notado as melhorias, percebemos um desinteresse em recomeçar. Mesmo sentindo os benefícios em meditar todos os dias, não se tornou um hábito de fato. Até porque o ritmo e o tempo de cada um é diferente, e não queríamos escutar as mesmas informações.

Este foi um momento delicado no sentido de não saber para onde ir. Como continuar a meditação, mas de forma diferente?

Tentamos espaçar os episódios, buscar por vídeos no youtube, procurar por outras meditações guiadas, mas de fato, nada funcionou a ponto de dar uma continuidade. Contudo, para nós, a falta de consistência, a não frequência de meditar todos os dias, ao longo do tempo foi gerando um impacto negativo no dia a dia.

A disposição, o foco, a forma como lidar com os desafios foi se perdendo pela dinâmica e tarefas do dia. Decidimos testar formas de reconectar e resgatar os benefícios perdidos.

Eu comecei a fazer atividade física e prestar mais atenção na minha respiração, logo pela manhã. Senti um ganho imenso no decorrer do dia. Algo que foi bem importante, no meu caso, foi separar uma fração do tempo do exercício para de fato trabalhar minha respiração. Sem cobranças, apenas potencializando o meu dia com atividade física, música e meditação. Meditar todos os dias virou parte da minha rotina. Tem dias que estou mais animada e disposta, outros faço por um tempo menor, mas o que faz diferença é manter a consistência. Como se fosse um ingrediente do dia.

O mais interessante é incorporar a meditação de forma leve e no seu tempo, ajuda a “instalar” uma forma única de trazer a sensação de bem-estar a qualquer momento. E a frequência de meditar todos os dias traz isso, é como um dispositivo que ao longo do tempo sabe o precisa fazer para desencadear o equilíbrio e o melhor de cada um.

Mas afinal, meditar todos os dias vale a pena?

Sim, Não, Talvez. Essa é uma reflexão que você precisa fazer e ver se faz sentido para sua rotina. Tente, teste, faça de formas diferentes até achar o seu equilíbrio. Afinal, a meditação não é uma receita que é só seguir o passo a passo para dar certo. Se permita conhecer e validar se para você faz sentido praticar a meditação todos os dias, ou em dias alternados, ou até mesmo, em horários e formas diferentes. 😉

Gostou das nossas informações e dicas sobre os benefícios da meditação, de meditar todos os dias, além como fazer meditação guiada para ansiedade e para relaxar? Lembre-se que todo o processo é bem pessoal, não tente comparar a sua evolução e o seu tempo com o das outras pessoas.

Quer ter acesso a mais conteúdos sobre bem-estar e mini rituais de autocuidado? Confira nossos artigos!

Quer potencializar sua rotina? Confira os produtos que separamos para você começar a meditar todos os dias. Então, entre na Faume e fique à vontade!