Óleo Essencial de Alecrim: da planta ao óleo essencial

Óleo Essencial de Alecrim: Confira este artigo que preparamos explicando tudo que você precisa saber para utilizar o produto.

SAÚDE EMOCIONAL SAÚDE FÍSICA SAÚDE MENTAL

10 min read

Até o próximo artigo!

Camila Miranda | Faume

O alecrim (Rosmarinus officinalis) é uma erva aromática originada no Mediterrâneo. Ele possui diversas utilidades para o ser humano, principalmente na área da saúde. A erva chegou ao Brasil durante a colonização, mas pelo mundo já era muito usada há séculos.

Por ser tão antigo assim, existem muitas lendas, mitos e simbologias relacionados ao alecrim. Há quem diga que bem antigamente as cores de suas flores eram brancas, mas ficaram azuis após a Virgem Maria ter descansado com o menino Jesus sob a sombra do arbusto – outros dizem que ficaram azuis depois da Virgem Maria ter pendurado seu manto azul nele.

Já para os gregos e os romanos, o alecrim era símbolo tanto de amor quanto morte. Essa conexão ultrapassou séculos, pois na Inglaterra, as pessoas colocam um ramo de alecrim em cima dos túmulos para que os mortos descansem em paz. Também é curioso saber que, ao voltarmos para a Grécia Antiga, os estudantes da época utilizavam coroas de alecrim para impulsionar a memória quando estudavam para as provas.

Hoje em dia, o alecrim é muito utilizado como óleo essencial. É por isso que, neste texto, nós decidimos te apresentar melhor o alecrim, suas características, propriedades, benefícios e muitas informações importantes sobre o óleo essencial de alecrim. Então, fique conosco até o final para descobrir tudo!

Quais são as características do alecrim?

Antes de tudo, é interessante comentar que a palavra alecrim vem da junção de duas expressões em latim, “ros” (orvalho) e “marinus” (mar). É por isso que em alguns lugares a erva é chamada de rosmaninho.

O alecrim é um arbusto que nas suas terras de origem pode atingir até 2 m de altura! Ele possui folhas finas e são seus ramos que são colhidos para serem utilizados na obtenção do óleo essencial de alecrim, assim como para outros fins medicinais, estéticos, comestíveis, etc. Além disso, também é possível cultivar o alecrim como planta ornamental, pois ela possui flores delicadas e belas em colorações que geralmente variam entre azul, violeta e branca.

Agora, saiba mais sobre as principais características de cultivo do alecrim:

Luminosidade

Para se desenvolver melhor, a erva prefere receber luz do sol diretamente por pelo menos algumas horas todos os dias.

Clima

O alecrim tem preferência pelo clima subtropical (cuja temperatura média é 18º C), mas ele se adapta bem em diversos tipos de temperaturas e climas. Muito de sua resistência a climas específicos pode depender do cultivar de alecrim, mas geralmente as plantas maiores e mais velhas resistem melhor do que as mais jovens e menores.

Solo

O solo do alecrim precisa ser leve e bem drenado, assim como não precisa ter tantos nutrientes, já que o alecrim pode apresentar mais sabor e aroma em solos desse modo. O seu pH ideal é o neutro ou o levemente alcalino, que está entre 7 e 7,8. Outro ponto importante é que o desenvolvimento pode ocorrer melhor em solos calcários.

Irrigação

O solo precisa ser regado de forma regular principalmente quando as ervas são novas, pois elas se desenvolvem melhor em um solo úmido – sem ser encharcado. Já quando o alecrim estiver adulto, pode regar de maneira menos regular, deixando que o solo seque entre uma irrigação e outra.

Plantio

As sementes do alecrim podem ser plantadas em vasos pequenos, sementeiras e outros lugares, ou se preferir. No geral, a germinação do alecrim tem uma demora acima da média e ele pode tomar até 3 anos para ficar totalmente desenvolvido. Para transplantar as mudas de alecrim para o local definitivo, o ideal é esperar até que elas tenham entre 15 a 20 cm de altura.

Se preferir, a erva também pode ser plantada por estaquia, ou seja, através de ramos com mais ou menos 15 cm de comprimento. Esses ramos podem ser colocados em pequenos vasos e similares, sendo deixados em um lugar que tenha boa luminosidade indireta. É importante que o solo fique úmido até as raízes aparecerem, o que pode levar até 4 semanas.

Depois disso, as mudas precisam ficar sob a luz do sol direta por algumas horas. Se você morar em um lugar frio, as mudas precisam ser movidas para o local definitivo após um ano depois, caso contrário, elas já podem ser transplantadas até o segundo mês depois do enraizamento.

Com relação ao espaçamento entre as ervas, ele pode ser de 80 cm, mas dependendo do ambiente e da cultivar, pode variar de medida.

Colheita

Apesar de poder ser colhido depois de 90 dias do plantio, o indicado é que a colheita seja feita somente de dois a três anos de cultivo. Vale lembrar que o ideal é remover apenas a metade dos ramos para que a erva não fique muito prejudicada.

Quais são os nutrientes do alecrim?

Um dos motivos pelos quais o alecrim é tão famoso está em todos os seus benefícios para a saúde e isso só é possível porque ele é repleto de nutrientes fundamentais para nosso organismo. A maioria desses nutrientes são vitaminas com funções incríveis. Então, conheça quais são elas a seguir:

  • Vitamina C: é uma das vitaminas mais famosas no mundo, um poderoso antioxidante que previne o envelhecimento precoce e age contra moléculas prejudiciais ao nosso corpo que podem causar doenças, como o câncer.

  • Vitamina A: essa vitamina é ótima para a pele e para os olhos, além de também ser um grande antioxidante e ainda prevenir diversas infecções.

  • Vitaminas B1 e B2: essas vitaminas são experts em atuarem no metabolismo dos aminoácidos, da glicose e dos ácidos graxos. Isso significa que elas fazem com que essas substâncias sejam bem utilizadas de forma benéfica no organismo. Elas também atuam no desenvolvimento da bainha de mielina, que fica ao redor das fibras nervosas e age na comunicação entre os nervos.

  • Vitamina K: essa excelente vitamina colabora para fixar o cálcio nos ossos, assim como ajuda a melhorar a coagulação do sangue.

Também é interessante falar que o alecrim possui 3 quimiotipos (o que seria a raça química da erva, bem relevante para o óleo essencial de alecrim, pois corresponde ao princípio ativo dele). Veja quais são esses quimiotipos e o que eles representam:

  • QT1: geralmente advindo da Espanha e com teor de cânfora; é ótimo para estimular a mente;

  • QT2: costuma ser produzido na Índia, Inglaterra e França, com teor de cineol ou eucaliptol; serve muito bem como descongestionante e como expectorante;

  • QT3: ele é retirado da França e tem teor de verbenona, que age no tratamento da vesícula e do fígado.

Quais são os principais benefícios do alecrim?

Agora que você aprendeu sobre as substâncias que são responsáveis pelas vantagens do alecrim para nossa saúde, está na hora de descobrir de fato quais são essas vantagens. Dê uma olhada abaixo e veja as principais:

1 - Colabora no tratamento de contusões e reumatismos

O óleo essencial de alecrim (ou a erva in natura) pode ser ótimo para aliviar as dores do reumatismo e de outras contusões. Pode ser aplicado no corpo ou usado em compressas.

2 - Age como um ótimo antioxidante

Como você já viu, o alecrim possui nutrientes que têm uma ótima capacidade de antioxidante. Além dos que citamos, ele também possui diversos ácidos que são antioxidantes, como o carnósico, o rosmarínico e o cafeico.

Todas essas substâncias fazem com que o alecrim tenha poder de fortalecer o sistema imunológico, auxiliar na beleza da pele, evitar infecções e prevenir doenças graves que destroem as células do corpo.

3 - Reduz o estresse

O alecrim tem o poder de relaxar os nervos e os músculos, além de melhorar o fluxo do sangue, o que impulsiona a memória e estimula o cérebro. O ácido carnósico age muito bem no sistema nervoso, fazendo com que o corpo saiba reagir melhor em momentos de estresse.

4 - Auxilia nos processos digestivos

É possível melhorar sua digestão com as propriedades do alecrim, pois elas podem aliviar azia, constipação, diarreia e até diminuir os gases. Além disso, a erva também auxilia no tratamento de um tipo de gastrite gerada por uma bactéria chamada Helicobacter pylori.

5 - Ajuda a aliviar gripes e tosses

Por ter propriedades expectorantes, o alecrim pode aliviar as tosses que contém catarro, assim como pode ajudar a reduzir os sintomas da gripe e ainda agir contra as crises de asma.

6 - Atua na melhora do sistema nervoso

Como dissemos, o alecrim ajuda a impulsionar o sistema nervoso e isso traz muitas vantagens para a memória, o raciocínio e a concentração. É por isso que o alecrim é bem utilizado na aromaterapia para prevenir a perda de memória natural. Além disso, a erva ainda pode funcionar bem em quem tem transtornos psicológicos, como ansiedade e depressão.

Algo importante a ser mencionado é que apesar de todos esses benefícios, o alecrim pode ser perigoso para certas pessoas, como gestantes ou em período de lactação, crianças, pessoas com diarreia e prostáticos. É importante buscar um médico antes de utilizar o alecrim se você tiver algum tipo de vulnerabilidade.

Como o óleo essencial de alecrim é extraído?

Você já descobriu muitas coisas sobre o alecrim no geral, mas agora irá entender mais sobre o seu óleo essencial, desde a extração até os benefícios. Então, não saia daqui!

Antes de ler especificamente sobre o óleo essencial de alecrim, é interessante saber exatamente o que são os óleos essenciais e porque eles são tão famosos e utilizados por muitas pessoas ao redor do mundo.

Os óleos essenciais são substâncias extraídas diretamente das plantas, ou seja, elas são totalmente de origem vegetal e por isso já bem mais saudáveis do que outros produtos feitos com químicos prejudiciais ao ambiente e ao organismo.

Esses óleos são muito benéficos à saúde do ser humano de diversas formas, especialmente pela aromaterapia, que é a técnica natural de usar o aroma e suas partículas liberadas para estimular várias áreas do cérebro. Existem estudos feitos sobre a aromaterapia que comprovam como ela realmente é eficiente para aliviar ansiedade e outros problemas.

Dependendo das propriedades de cada óleo essencial, eles podem servir desde para estimular a mente, como para cicatrizar, eliminar fungos e bactérias, limpar o corpo, conservar alimentos, repelir insetos, acalmar e desinfetar. Existem óleos com ações bem diversas e específicas, por isso sempre analise bem qual é a planta referente.

O óleo essencial de alecrim é extraído a partir de um processo conhecido como destilação. Nesse processo, vapor d’água é passado entre as folhas secas da erva, e isso faz com que ele arraste o óleo contido no interior das glândulas do alecrim até o condensador, o que extrai o óleo essencial e as águas florais (ou hidrolatos).

Já na sua forma final, o óleo essencial de alecrim é transparente e possui uma coloração amarelada. Seu aroma é bem característico e marcante, mas traz uma refrescância consigo.

Os benefícios do óleo essencial de alecrim existem graças às suas ótimas propriedades antioxidantes, antimicrobianas, cicatrizantes, anti-inflamatórias, estimulantes mentais, analgésicas, anti-caspas, antimicóticas, refrescantes, entre outras.

Onde usar o óleo essencial de alecrim?

Óleo Essencial de Alecrim

Ao ver todas as suas propriedades, você já imagina que o óleo essencial de alecrim poderá ser usado para várias funções, certo? Então, dê uma olhada a seguir nos principais modos de uso do óleo e veja como ele pode te ajudar de forma prática e eficiente:

Cuidado com os cabelos: Você pode utilizar o óleo essencial de alecrim para tratar seus cabelos, principalmente aqueles que possuem caspa ou são oleosos. Além de ajudar nesses casos, o óleo essencial de alecrim também pode ser usado para tonificar os fios. Além disso, ele pode ser aplicado aos shampoos ou condicionadores para que o cabelo fique ainda mais brilhoso.

Cuidado com o corpo: Na hora de aplicar o óleo essencial, lembre-se de diluí-lo um pouco em água para que ele não fique tão concentrado e cause possíveis alergias. No corpo, você pode usá-lo para massagear os músculos e relaxá-los, assim como um desodorante, já que ele possui propriedades antimicrobianas que agem contra o mau odor. Também é legal utilizá-lo junto aos sais de banho ou ao sabonete, pois ele não apenas apresenta um aroma refrescante e relaxante, como também colabora para a remoção de micoses e bactérias.

Cuidado com a pele: O óleo essencial de alecrim é muito eficaz para quem deseja tratar a pele com acne ou muita oleosidade, pois ele funciona como estimulante de circulação periférica. Além disso, ele também ajuda a refrescar, relaxar e limpar a pele do rosto ou do corpo.

Existem efeitos colaterais para o óleo essencial de alecrim?

Como já mencionamos mais lá em cima, o alecrim possui algumas características que podem ser prejudiciais a certas pessoas, apesar de que, no geral, ele faz muito mais bem do mal. De qualquer forma, é sempre importante mencionar as contraindicações e os efeitos colaterais para que você saiba se precisa procurar um médico antes de adquirir o óleo essencial de alecrim.

Você já viu como o óleo pode ajudar a mente e as variadas partes do corpo humano, colaborando para uma vida com mais bem-estar e saúde. Agora, veja alguns dos efeitos que podem ocorrer em grupos específicos de pessoas ou em quem exagera no consumo:

  • Efeito desidratante e diurético: pode ser que o óleo, por ser derivado diretamente do alecrim, possa causar uma maior eliminação de líquidos do corpo, o que eleva as chances de desidratação e ainda pode bagunçar os níveis de lítio no organismo.

  • Efeito alérgico: alguns indivíduos são alérgicos ao alecrim ou podem utilizar o óleo sem diluir primeiro na água, o que pode causar alergias por conta da alta concentração na pele. Portanto, sempre verifique se você tem alergia a certas plantas e substâncias antes de usar os óleos essenciais.

  • Efeito abortivo: algumas pesquisas realizadas com o extrato de alecrim em ratos apontaram que a erva pode ter um efeito tóxico para o embrião, o que causa o aborto. Portanto, apesar de não ser confirmado que o óleo essencial de alecrim cause esse problema em humanos, é importante se informar sobre o tema com um profissional antes de usá-lo.

Viu como o alecrim por si só já possui diversos benefícios para o organismo do ser humano? Não é à toa que o óleo essencial de alecrim é um dos óleos essenciais mais famosos do mundo. Ele pode ajudar a sua mente e o seu corpo a funcionarem melhor no dia a dia, além de trazer refrescância, relaxamento e conforto. É uma substância que une o útil ao agradável.

Para quem deseja ter mais bem-estar e qualidade de vida, os óleos essenciais e a aromaterapia são muito eficazes e podem servir bem para as mais variadas funções em pessoas bem diferentes entre si. É uma forma natural e tranquila de conseguir benefícios para a mente, o organismo e a saúde no geral.

Quer comprar o óleo essencial de alecrim com condições especiais e preços justos?

Você pode contar com a Faume para isso! Nós temos os melhores óleos essenciais, 100% naturais e com qualidade e procedência garantidas.

Além disso, sempre temos ofertas para produtos diferentes e preços especiais para São Paulo.

Acesse agora mesmo nossa loja. É só clicar aqui e conferir tudo o que podemos lhe oferecer!

Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco por qualquer um de nossos canais de atendimento.

Aproveite também e veja este vídeo do Dr. Dayan Siebra sobre o uso de óleos essenciais.